sábado, setembro 30, 2006

"Eis o melhor e o pior de mim"

Há muitas coisas para escrever, mas no momento não sei dizer de mim. Estou ocupada olhando para dentro. Tentando semear flores ao redor. Tentando matar monstros dentro de mim. Tentando celebrar os nascimentos. Tentando sepultar os mortos.

Meus olhos exalam amor e pavor. É uma briga imensa, de mim comigo mesma. Mas de hoje em diante, eu juro: jamais voltarei a alimentar os monstros que me consomem.

É muito difícil passar a vida culpando as pessoas para, afinal, dar-se conta de que o adversário habita nossa própria psique. Esse monstro que me olha com a mesma cara de sempre, e diz: "ah, estás feliz? Não se iluda. Não és especial". Ele me diz isso há 26 anos. E ele sorriu com seus dentes amarelos quando dormi chorando no dia em que fiz 15 anos de idade, olhando as estrelas e sentindo a fúria de um pai insensível. E ele sorria quando eu apanhava. E ele sorria muito a cada vez que mais lágrimas me vertiam dos olhos.

Hoje vou olhar para esse verme que me habita, e dizer: "És cego. Não enxergas o quanto sou especial. Sou sim. Eu enxergo".

Porque eu não vou "ser gauche na vida". Vou ser mulher, e continuar sustentando estrelas nos quadris, e parindo afetos, e parindo gentes, e parindo palavras.

Salaam
Layla

(Obs.: O título eu peguei emprestado de Marisa Monte. O "gauche na vida" peguei emprestado do Drummond).

3 Pitacos:

Anonymous Iony falou...

Pois derrotar esse meontro é possivel sim!!Sei bem como é ter um monstro dentro de mim dizendo q nao sou digna de nada.Mas um dia conseguimos gritar e coloca-lo no seu devido lugar!!!!E como disse o poeta: Para ser grande,sê inteiro!!! Sei o que se passa contigo mas sinto feliz por vc travar essa luta e tenho certeza q seras vencedora!!!!

Bjos!

10/02/2006 01:17:00 AM  
Blogger Lu falou...

Nossa, como fico feliz em ler um post tão corajoso e tão cheio de vida. Continuo torcendo por vc. Como sempre. Bjs.

10/02/2006 12:53:00 PM  
Blogger janamichels falou...

Também fiquei feliz em ver que você começa a escrever de uma outra forma, sinto algo diferente... Derrote esse e outros monstros que habitem em você. Nascemos para sermos felizes. O simples fato de você estar viva já é um presente de Deus. Essas palavras que te escrevo, são presentes de Deus... Portanto, seja feliz, sim. Por inteiro mesmo! Esqueça o passado, o que te fez triste e aceite tudo o que te faça feliz. Te ofereço minha amizade! Beijos.

10/11/2006 07:28:00 PM  

Postar um comentário

<< Início