domingo, junho 04, 2006

Das madrugadas taciturnas

É noite, e eu não sei por quanto tempo farei a cama sozinha, e carregarei para ela, livros, na falta de braços quentes nestes dias de quase inverno. Não sei por quanto tempo ainda as pegadas de meus passos serão solitárias, e nenhum rastro será deixado ao lado do meu. Não sei ainda quantas madrugadas haverei de olhar a rua morta e silenciosa, consumindo-me no desejo de ter alguém para dar boa noite. Não, sei e, de fato, não sei sequer o que quero.

Na verdade, eu queria ser a “ela” que alguém guarda em pensamento. A pessoa para quem se escreve poesias, para quem se compra o perfume para dar no dia dos namorados. Eu queria ser a “ela” que aspira-se pedir em casamento, que sonha-se para mãe dos filhos, que almeja-se para viver os dias. Queria ser o alvo do desejo de alguém, mas estou tão distante... Eu me sinto desejada para a conversa do fim da tarde, para o desabafo, para o ombro amigo. Mas não me sinto desejada para o beijo, o segurar de mãos ou o abraço no início da noite.

Não, nem sei o que é isso. Plantou-se em mim tal descrença que já não me imagino sendo amada. Parece que aprendi a adormecer segurando um livro aberto, mas desaprendi a adormecer nos braços de outrem. Parece que desaprendi a beijar, a tocar, a qualquer coisa. Sinto-me patética, e às vezes penso que desejar ser amada, nesse estado de cousas é, para mim, ousadia.

Homens do mundo, o que será que tanto vos embruteceu? O que os tornou cegos às flores que desabrocham, aos pássaros que cantam, e às mulheres que fazem poesia? O que os tornou sensíveis apenas ao apelo estético oco, às aparências, à superficialidade dos afetos modernos?

Realmente, eu sinto por vós. Almejam a mulher que não existe, constróem seus edéns-mentira onde reinam ensandecidos, enquanto a verdadeira beleza apodrece ao vosso redor. Apodrece, desejosa de amor e definha, raquítica, ao alcance de vossas mãos.

Salaam
Layla

13 Pitacos:

Anonymous Anônimo falou...

Belíssimo.

6/04/2006 03:41:00 AM  
Anonymous cidadão comum falou...

oi. Adorei seu blogue. Um abraço de um comunicador cultural de Portugal.Apareça lá no meu blogue também.

6/04/2006 04:46:00 PM  
Blogger Turmalina falou...

Laylinha
Acho todo mundo muito ávido por satisfazer seus desejos mais primários...uma onda egocêntrica horrorosa!
Aonde está a delicadeza, a poesia, a sensibilidade, o realmente se importar commo outro???
Segundo uma amiga minha que já casou e juntou 3 vezes...só encontramos tudo isto junto num marido gay!E ela falava sério, que depois de 3 tentativas e erros, o sexo é secundário...
A situação está ficando terrivelmente insustensável.
Homens...abram os olhos e olhem para fora...
Beijos

6/04/2006 09:39:00 PM  
Blogger Turmalina falou...

ooops,
perdão pelos erros ortográficos... mas eu tô parecendo o coelho da Alice....eu tõ atrasada, eu tô atrasada...eu tô atrasada...
Beijo

6/04/2006 09:41:00 PM  
Anonymous Paula Nascimento falou...

Nossa adorei seus posts muito legal mesmo parabéns..

Bjos

6/05/2006 03:32:00 AM  
Blogger janamichels falou...

Layla, enquanto o príncipe não vem, curta a si mesma, procure prazer em outras coisas. Não busque, a procura é ingrata... Viva, sorria, continue sendo um ombro amigo, a amiga de bate papo... Quando menos pensares, o amor chegará. Ele virá a ti... Mas não pense que depois tudo são flores... Haverá noites em que sentirás saudades do livro (rs). Beijos para ti, querida!

6/05/2006 11:19:00 PM  
Blogger Shamir V falou...

Às vezes , quando acompanhados, nos sentimos desacompanhados, e vice-versa.

Quanto a nós, homens do mundo, nós nos enlouquecemos uns aos outros, talvez porque a verdadeira beleza machuca.

Beijo!

6/08/2006 12:42:00 AM  
Anonymous Eliana Luz falou...

Minha primeira visita ao seu blog mas com certeza não será a ultima. Simplesmente estou sem palavras para com seu ultimo post. Que lindo. Me identifiquei com ele em cada linha. Se um dia achei que fosse unica a ter tais sentimentos, me vejo feliz hoje por ver que com certeza muitas pensam da mesma forma.
Parabéns, por conseguir expressar com tanta leveza e beleza nossos sentimentos . Beijos , bom final de semana.

6/09/2006 05:02:00 PM  
Anonymous Leon falou...

Leon,esteve aqui!

6/11/2006 02:20:00 PM  
Anonymous Andarilho falou...

A mesma sensibilidade que propicia o prazer , permite a dor. O coração mais solitario é o mais companheiro.
Da mesma maneira, que os livros te fazem companhia, a noite,
seu blog está me fazendo companhia nesta tarde.essa é a função das palavras, estender a humanidade através do tempo e do espaço.
Nesse momento sozinho no seu quarto escrevendo, andando nas ruas, ou sentado numa mesa com amigos , cercado de mulheres que reproduzem essa estética, olhando não para a sua aparencia mas para o vazio de suas almas , está não, o mas um dos homens, que mesmo embrutecido "jamais perdeu sua ternura" e vai ouvir suas palvras , não na fria tela do computador mas no calor dos seus lábios.
pode acreditar, mas paciência só não sei te dizer quando!

6/11/2006 04:55:00 PM  
Anonymous camila falou...

Ler este texto foi realmente assustador para mim, pois escrevi algo parecido esta manhã. O que me consola é q não estou só.

6/11/2006 05:16:00 PM  
Anonymous orange falou...

olá...achei teu blog qdo procurava a poesia da criança quando era criança...que aparece em asas do desejo...e então pelo google...apareceu teu antigo blog de 2005...com a poesia que eu queria...e com outras muito legais...aí resolvi ver se você ainda escrevia...pois a página que apareceu pra mim era de 2005...e então achei teu blog atual...muito interessante...com textos e poesias cheias de sentimentos...gostei...e peço licença para ler as poesias...e tudo mais...

6/12/2006 12:10:00 PM  
Anonymous Thelma falou...

Primeira vez passando por aqui e virei mais vezes. Seu penultimo post tem tudo a ver com que sinto a muito tempo. Por isso voltei a postar num blog que criei pra falar dessa busca do par perfeito.
http://procurandojose.blog.terra.com.br
Bem não sou tão boa ainda com as palavras e me perdoe as minhas linhas mal traçadas, mas o que realmente importa é a intenção neh?
Bjs

6/29/2006 05:29:00 PM  

Postar um comentário

<< Início